Curiosidades Sobre Militares: Alfredo Stroessner e Ditadura no Paraguai

Os militares estão repletos de curiosidades que intrigam a humanidade. Desde os primórdios dos homens existe a classe de pessoas incumbidas na função de defender o território contra ataques de sociedades estrangeiras ou mesmo conter as rebeliões internar.

Ditadura do Paraguai

Ditadura do Paraguai

Na história ficou provado que quanto mais poder os militares exercer na sociedade, maiores as chances de acontecer supressão dos direitos individuais, ou seja, ditadura!

Ditadura de Stroessner: Características

Particularmente o grande período ditatorial do Paraguai foi um tanto diferente dos vivenciados por seus coirmãos latino-americanos. Nele, o general Alfredo Stroessner governou o país por mais de 35 anos em um governo autocrático extremamente complacente não só com a opressão do povo paraguaio, mas também com a ditadura dos seus vizinhos no cone sul, diante a deflagrada Operação Condor.

Esta foi uma ditadura vivenciada diante uma oposição duramente calada graças à habilidade repressiva do general Stroessner. Ele mantinha ideais americanistas e, ao mesmo tempo, fazia amizade com os países centrais da América do Sul, mais precisamente com Brasil e Argentina. Uma personalidade, quando falamos de geopolítica.

Imagem de Amostra do You Tube

Stroessner 1° Fuga ao Brasil

Alfredo Stroessner foi descendente de movimentos militares históricos do país, como a Guerra do Paraguai e a sucessora Guerra do Chaco. Ele tinha descendência alemã, sua infância foi marcada pela cultura militar. Sua amizade com o Brasil remota dos tempos de sua juventude quando em 1940 foi para o Rio de Janeiro em busca de treinamento militar. Em 1943, volta ao Rio de Janeiro em missão militar representando o presidente Higinio Morínigo.

Porém, em 1947 fez a escolha errada em ficar contra o Partido Febrista – teve que fugir do país durante a Guerra Civil. Refugiou-se no Brasil depois de ter deixado o Paraguai como clandestino em um porta-malas de um automóvel.

Com o fim da revolta, Stroessner volta ao Paraguai. Entre 1947 e 1953, ele ficou dentro do Partido Colorado sempre no lado de quem estava vencendo, mudando de opinião diversas vezes, mostrando-se como um grande estrategista político.

Strossner No Poder

Como resultado de suas manobras políticas, em 1954, Alfredo Stroessner assume o poder do Paraguai. Frank Mora diz que Stroessner “teria aproveitado um momento oportuno de fragmentação de forças do Partido Colorado para assumir o governo e manipular o partido, transformando-o em ferramenta central do seu poder”. O seu totalitarismo foi tão grande que em grande parte de seu governo o partido representava ele, e não ele o partido.

A verdade é que nestes longos anos de Stroessner e Partido Colorado, ninguém sabia quem estava manipulando quem. É importante mencionar que Stroessner participará do planejamento de conspirações contra os cinco presidentes paraguaios que o precederam: Hegínio Morínigo, Natalício Gonzáles, Raimundo Rolón, Felipe Molas Lopes e Frederico Chávez.

Saiba Mais

Saiba Mais

Em 1956 ganhou o título de general do exército. Neste momento o governo de Stroessner passou de ditatorial para autocrático. Ele era o presidente e o comandante do exército. Era o comercial do Partido Colorado, dos Outdoors, era representado positivamente nos filmes e tudo mais que existe em um governo autocrático.

Neste momento Stroessner censurou completamente a oposição. Todos opositores eram acusados de comunistas, ou do que fosse mais viável na época que valesse como desculpa para práticas de atrocidades democráticas. Exteriormente, o Paraguai era visto como um bom parceiro comercial e como um país comportado diante os interesses americanos anticomunistas. Seu governo era extremamente monocrático.

Conquistou reeleições em 1958 e 1963, com cerca de 70% a 90% dos votos. Difícil é acreditar na veracidade dos números, pois o governo de Stroessner tinha tendência de controlar de tudo, inclusive as urnas de votação.

Ações Políticas Conforme Maré

A política de direitos humanos do presidente Carter fez Stroessner diminuir as penas aplicadas aos prisioneiros que cumpriam penas mais longas. Obviamente que com Itaipu de pé não haveria oposição que tirasse o ditador do poder. Em 1973 Itaipu é inaugurada, Stroessner se reelege em 1978.

Já na década de 1980 quando Reagan tentou parecer mais severo diante a problemática dos sandinistas na Nicarágua, Stroessner aprovou leis igualmente cruéis contra os comunistas.

Na madrugada de 12 de março de 1980, Costa Rosado (Liga dos Camponeses Cristãos) foi invadida por cerca de 400 militares. Esta era um organização religiosa que produzia sua própria comida e convivam fechados entre si. Em época de explosão comunista, qualquer efeito que seja parecido é considerado exato.

Em 1983 promoveu uma abertura de empregos públicos para se reeleger. Resultado, hoje em dia o Paraguai é conhecido como um dos mais corruptos do mundo, pois os salários públicos foram ficando mais baixo a cada pano plurianual, e, suscetíveis à corrupção.

Conseguiu a quinta reeleição seguida em 1988, com eleições supostamente falsas, o que culminou com a sua queda em dezembro do mesmo ano. Rodrigo Amaral, cientista político, aponta seis causas para manutenção dos seus 35 anos de poder:

•        Combinava com as características da Guerra Fria

•        Construção de Itaipu

•        Significado crescimento econômico

•        Mantinha as formalidades externas democráticas

•        Tríade no poder (Partido Colorado – Stroessner – Forças Armadas).

•        Caráter clientelista, cooptação de militares para filiação política no Partido Colorado.

Imagem de Amostra do You Tube

Recordes da Ditadura de Stroessner

•        Oito mandatos consecutivos, mais longo presidente do Paraguai.

•        Presidente que mais tempo durou em um só partido na América do Sul

•        Segundo chefe de Estado que mais durou nas Américas, perdendo apenas para Fidel Castro.

•        Iniciou e terminou o ultimo processo da América da Sul

Processo de Redemocratização

Assim o Paraguai prosseguiu com a eleição de Juan Carlos María Wasmosy, que travou uma batalha com Lino Oviedo dentro do Partido Colorado. A pressão para Oviedo não assumir era forte no mundo inteiro – que já não tolerava regimes ditatoriais e aspirava à ascensão democrática dos ideais de liberdade norte-americana dos anos de1990.

O presidente Wasmosy foi suspeito de ligação com o tráfico internacional, e ao mesmo tempo, não conseguia controlar a economia Paraguaia.

Diante a crise ocorre o cruel e sangrento “Março Paraguaio”, onde Luiz Maria Aganhã é morto e Raul Cubas Grau, sucessor de Wasmosy, deixa o cargo diante a situação política sangrenta no Paraguai. O coronel Oviedo foi acusado veementemente de ter sido o autor dos ataques, porém, depois de um longo período, a justiça o julgou inocente. Toda esta confusão provinda de representações políticas do Partido Colorado que ainda se mantinha no poder

Em 2003 assume Nicanor Duarte com alto índice de popularidade. Já tinha sido ministro da educação de Wasmosy. Em 2006 ele aceitou que bases norte-americanas ficassem no Paraguai para treinamento militar com 500 homens americanos dentro do país, o que causou uma baixa na sua popularidade. Ele queria assumir a presidência de outro órgão do governo, o que é proibido pela Constituição e o que estimulou a passeata dos 40.000, com Fernando Lugo ali presente.

Hoje em dia Fernando Lugo é o presidente e o Partido Colorado rompe a sequência de presidentes colorados que vinha desde 1950. Foi eleito depois de ameaças de diversos tipos, depois do desprezo do desprezo da igreja.

Sua principal luta é contra a má distribuição, uma vez que 77% das terras no Paraguai pertencem a 6% da população. A linearidade da democracia vem crescendo desde a queda de Stroessner em 1989, porém, ainda faltam muitos passos para sua alvorada. Sem contar a cultura militar ainda enraizada – um bom exemplo é a presença do conturbado general Lino Oviedo, como segundo colocado no último plebiscito presidencial.

Artigo Escrito Por Renato Duarte Plantier

Outros Artigos

O Que é Fotorrealismo?

O Que é Fotorrealismo?(0)

Quando falamos em fotorrealismo estamos falando de uma escola de pintura, que tem como estilo  levar para as telas as imagens tiradas com uma câmera fotográfica.  Essa escola nasceu bem no fim dos anos de 1960 nos Estados Unidos. O fotorrealismo tem “raízes” na arte pop e características semelhantes ao expressionismo abstrato e também ao

Frases Sobre Força

Frases Sobre Força(0)

Num mundo cheio de violência e atrocidades, o que mais devemos ter em nosso coração é força e fé. Talvez mais fé, pois se tivermos força em demasia seremos capazes de ir além do podemos imaginar, especialmente quando tudo nos faz esmorecer. Ter força na vida ou de vida, não significa ser um indivíduo musculoso

Bolos Decorados Com Corações

Bolos Decorados Com Corações(0)

Um bolo além de saber deve ter uma aparência gostosa, pois enfim não comemos um doce somente com a boca, mas também com os olhos. Se você adora um belo doce e deseja arrasar no próximo bolo que fizer a dica é conferir as nossas dicas de como fazer bolos decorados com corações. A decoração

Armas de Destruição em Massa

Armas de Destruição em Massa(0)

A definição correta para armas de destruição em massa é que se trata de um tipo de arma que pode fazer um grande número de vítimas fatais. Também chamada de arma de destruição maciça, cujo a sigla usada é a abreviação ADM, com o seu uso pode matar uma grande quantidade de pessoas de uma

Desastre de Hillsborough

Desastre de Hillsborough(0)

Conhecida como Trágedia de Hillsborough, estamos falando de um desastre que aconteceu no Estádio de Hillsborough, na cidade de Sheffield na Inglaterra no dia 15 de abril de 1989. A confusão aconteceu durante a partida entre os times ingleses de Nottihgham Forest e Liverpool FC, em ocasião da semifinal da Taça da Inglaterra. A tragédia

leia mais

0 comentários

Enviar Comentário

Nome:
E-mail:
Site:
Comentário:

Links Patrocinados

Arquivo

Siga-nos!

Categorias mais Procuradas

© 2010-2019 Mega Artigos Todos os direitos reservados. Política de Privacidade