Olivier Anquier: Biografia do Chef

O chef Olivier Anquier chegou no Brasil em 1979, sim o “bon vivant” como ele gosta de se definir, apesar da intimidade com o nosso país, não nasceu aqui. Porém, a história de Olivier com a entrada em território brasileiro não é aquela que trouxe muitos outros imigrantes nesta mesma época. Inicialmente, Olivier veio como turista e para ficar somente um mês no Brasil, porém, essa viagem de férias durou até os dias de hoje. Olivier Anquier costuma dizer que foi “arrebatado” pelo amor que sentiu pelo Brasil.

No Brasil, Olivier conseguiu levar adiante um costume de família, fazer o pão. Isso mesmo, o chef faz parte de uma família que tradicionalmente fazia pães, o tio-avô Gilles Cordellier.

Como Foi O Início da Vida de Olivier No Brasil

Na bagagem e nas expectativas, Olivier Anquier veio para passar férias de um mês no Brasil, mas não demorou muito para descobrir que queria ficar e deu início a busca por um trabalho. O mais curioso dessa história é que quando ele se deparou com a primeira oportunidade, essa o levava de volta para Europa e não estava perto da cozinha. Olivier trabalhou durante 10 anos como modelo de alta-costura internacional, além de fazer fotos em estúdio.  E claro, com essa carreira era impossível ficar estabelecido no Brasil, ele estava aqui e no resto do mundo.

Olivier Anquier

Olivier Anquier

A carreira de Olivier como modelo era muito bem sucedida, a maior prova disso é que ele ficou entre os melhores 10 modelos masculinos do mundo em meados dos anos 80. Porém, foi também o momento em que ele descobriu que não queria levar adiante aquela profissão.

A insatisfação com a carreira de modelo e a morte do seu pai em 1989, fez com que ele repensasse tudo o que estava fazendo e fosse correr atrás do que realmente gostava, cozinha. Era nela que estava o que ele chamou de “verdadeira vocação”. E quando ele decidiu que gostaria de se tornar um chef, decidiu também que o Brasil era o lugar ideal para isso.

Imagem de Amostra do You Tube

Em Busca de Inspiração No Território Brasileiro

Olivier Anquier voltou para o Brasil mais curioso do que nunca, queria conhecer melhor o nosso país e começou isso fazendo uma longa viagem pelo litoral do país. Ele queria descobrir qual seria o melhor lugar para abrir um restaurante e morar. E o encontrou, bem no Ceará, mais precisamente em Jericoacoara. Foi lá que ele decidiu ficar depois de 3 meses e meio de viagem pelas estradas brasileiras.

Saiba Mais

Saiba Mais

Uma vez estabelecido em Jericoacoara, Olivier abriu o seu primeiro restaurante chamado Aloha, que tinha como principais clientes, europeus turistas que estavam de passagem. Ele conta que isso foi muito importante para que ele se adaptasse a nova vida, até porque tinha escolhido um lugar solitário no Brasil. Aliás, para contornar essa solidão, ele costumava passar uma boa temporada em São Paulo, o momento em que ele gastava todo o dinheiro ganho no restaurante com cinema, teatro e tudo mais que fosse ligado à cultura.

E foi em uma dessas viagens a São Paulo que Olivier Anquier conheceu a atriz Débora Bloch, com quem foi casado por muitos e com quem teve dois filhos, Hugo e Julia. E foi pela atriz que Olivier fechou o restaurante no Ceará e mudou-se definitivamente para o Rio, em 1991.

Passados alguns meses que ele estava no Rio, junto com a mulher Débora, abriu um novo restaurante, mas dessa vez, em Florianópolis, na Lagoa da Conceição.

Imagem de Amostra do You Tube

O Sucesso do Novo Restaurante de Olivier Anquier em Florianópolis

Entre os anos de 1992 e 1994, o restaurante de Olivier e Débora, o Malaika fez um grande sucesso em Florianópolis. O restaurante tinha uma disposição interessante, que era a cozinha no meio do salão à vista para os clientes. Essa novidade rendeu a Olivier um trabalho redobrado, porque a sua presença era sempre questionada pelos frequentadores do local. Porém, o chef garante que essa experiência o fez aprender tudo sobre cozinha e o bom funcionamento de um restaurante.

Depois de um longo período, Olivier decidiu parar e pensou em um novo desafio, mas dessa vez sua meta era São Paulo. Foi então que decidiu seguir a tradição de família e abrir uma Boulangerie na capital paulista. Para isso, foi para Sidney na Austrália e passou por um estágio de 3 meses na Boulangerie da sua mãe Myriam. O negócio da mãe fazia o maior sucesso naquela cidade.

Volta Ao Brasil e Um Novo Desafio

Terminado o estágio ao lado da mãe, Olivier voltou ao Brasil e abriu a sua primeira boulangerie chamada Pain de France, em São Paulo, no bairro do Higienópolis. Foi um grande sucesso e entre os anos de 1995 e 1997, ele se consagrava com um grande padeiro e já com mais duas filiais da boulangerie abertas em São Paulo, uma no Jardins e outra na Vila Nova Conceição.

No ano de 1997, em novembro, Olivier fechou uma parceria com a rede de supermercados Pão de Açúcar, que passou a vender os seus pães, que passaram da escala artesanal para escala comercial.

Em 2003, mais uma novidade, o chef abriu o Anquier, uma padaria e loja que vendia exclusivamente os seus produtos. Porém, o negócio foi fechado devido a problemas burocráticos no condomínio que tinha sido instalado, em 2005.

Olivier Anquier e A Televisão

Paralelamente ao trabalho de padeiro, Olivier começou a apresentar um programa de televisão. O convite aconteceu em 1996, pela Rede Record. Ele ficou à frente do programa de culinária “Forno, Fogão & Cia”.

O chef gostou da experiência e da Rede Record foi atender o pedido da Rede Globo que propôs um outro programa chamado de “O Francês”, que foi transmitido durante os jogos da Copa do Mundo de 1998, que aconteceu na França.

Com a experiência na televisão, o espírito curioso de um jornalista, que Olivier resolveu investir em um outro projeto, o Diário de Olivier. O programa foi transmitido pela GNT entre os anos de 1999 e 2003, garantindo um grande sucesso, com altos índices de audiência.

Em 2006, o mesmo programa voltou a ser transmitido, mas dessa vez por um canal aberto, na Rede Record. O programa é apresentado com um bloco a cada exibição do Domingo Espetacular.

Outros Artigos

O Que é Fotorrealismo?

O Que é Fotorrealismo?(0)

Quando falamos em fotorrealismo estamos falando de uma escola de pintura, que tem como estilo  levar para as telas as imagens tiradas com uma câmera fotográfica.  Essa escola nasceu bem no fim dos anos de 1960 nos Estados Unidos. O fotorrealismo tem “raízes” na arte pop e características semelhantes ao expressionismo abstrato e também ao

Frases Sobre Força

Frases Sobre Força(0)

Num mundo cheio de violência e atrocidades, o que mais devemos ter em nosso coração é força e fé. Talvez mais fé, pois se tivermos força em demasia seremos capazes de ir além do podemos imaginar, especialmente quando tudo nos faz esmorecer. Ter força na vida ou de vida, não significa ser um indivíduo musculoso

Bolos Decorados Com Corações

Bolos Decorados Com Corações(0)

Um bolo além de saber deve ter uma aparência gostosa, pois enfim não comemos um doce somente com a boca, mas também com os olhos. Se você adora um belo doce e deseja arrasar no próximo bolo que fizer a dica é conferir as nossas dicas de como fazer bolos decorados com corações. A decoração

Armas de Destruição em Massa

Armas de Destruição em Massa(0)

A definição correta para armas de destruição em massa é que se trata de um tipo de arma que pode fazer um grande número de vítimas fatais. Também chamada de arma de destruição maciça, cujo a sigla usada é a abreviação ADM, com o seu uso pode matar uma grande quantidade de pessoas de uma

Desastre de Hillsborough

Desastre de Hillsborough(0)

Conhecida como Trágedia de Hillsborough, estamos falando de um desastre que aconteceu no Estádio de Hillsborough, na cidade de Sheffield na Inglaterra no dia 15 de abril de 1989. A confusão aconteceu durante a partida entre os times ingleses de Nottihgham Forest e Liverpool FC, em ocasião da semifinal da Taça da Inglaterra. A tragédia

leia mais

0 comentários

Enviar Comentário

Nome:
E-mail:
Site:
Comentário:

Links Patrocinados

Arquivo

Siga-nos!

Categorias mais Procuradas

© 2010-2019 Mega Artigos Todos os direitos reservados. Política de Privacidade