O Que é Estaquia?

Entende-se por estaquia ou também chamado de multiplicação por estacas uma forma de reprodução das plantas feita de forma assexuada, isto é, sem propagação vegetativa.

Imagem de Amostra do You Tube

A estaquia é usada para produzir mudas de plantas, na maioria dos casos as frutíferas e as ornamentais. Na prática funciona plantar uma folha ou um ramo para conseguir novas plantas e isso é possível graças ao enraizamento da mesma.

Nem Toda Planta Pode Ser Produzida Pela Estaquia

Nem todas as plantas podem ser reproduzidas através de estaquia, pois os métodos variam de uma espécie para a outra. O método de multiplicação varia de uma planta para a outra e em alguns casos, a estaquia não é prevista. Algumas espécies seriam praticamente impossíveis de serem reproduzidas através da estaquia e por isso, se usam outros métodos, entre eles, o alporque.

Saiba Sobre Estaquia Comercial De Roseiras

Neste caso, a estaquia comercial de roseiras, podemos destacar várias vantagens. Toda planta que é multiplicada dessa maneira auxilia no fato de mantermos as mesmas características e que elas sejam melhores plantas. Sem falar que o método por estaquias é bem simples e fácil de ser efetuado.

A estaquia é feita como método de propagação e não existe um único tipo, podemos encontrar diferentes. Por isso, antes de fazê-la é necessário entender qual é o mais adequado ao tipo de planta que você está tentando reproduzir.

Vejamos a seguir os tipos de estaquia que podem ser feitos. É necessário avaliar um de cada vez e escolher o melhor método para a sua planta. Também pode tentar aqueles mais simples, caso não identifique ou tenha a informação do mais adequado para você. Podemos citar como exemplos, o uso de hormônios, que servem para criar as raízes, os mais usados são as auxinas. Com ele, as raízes através das estacas se desenvolvem melhor. Porém, não é um método usado em casa pelo alto custo e também não é fácil de manusear.

As Partes Das Plantas Que Podem Ser Usadas Como Estacas

Algumas partes das plantas podem ser usadas como estacas, porém, para cada caso é feito um tipo de procedimento diferente. Veja quais são:

  • Folhas
  • Ramos novos, chamados ponteiros
  • Ramos lenhosos, antigos
  • Ramos semi lenhosos, intermediários

Conheça Os Tipos De Métodos De Estaquia

1- Estacas de ramos novos, ponteiros.

No caso das plantas ornamentais esse é o método mais adequado, em geral, pois as plantas que são reproduzidas através dele costumam ficar muito parecidas com as que as deram origem.

– É necessário cortar uma ponta de ramo na lateral para formar uma estaca, aproximadamente, o comprimento deve ser entre 7 a 12 centímetros. Atenção: devem ser escolhidos os ramos que estão sem flores e são mais fortes.

– As folhas da base das estacas devem ser retiradas, para ajudar no estímulo ao crescimento das raízes. Observe principalmente perto das bases das folhas que foram tiradas.

– Depois os ramos devem ser colocados em substrato adequado que podem ser areia, terra e outros. A base sem folhas é que deverá ser enterrada. As raízes serão formadas e novas mudas vão aparecer. Alguns casos é comum colocar as bases da estaca dentro da água e não na terra, quando as raízes surgirem, aí sim, vão para o substrato.

2- Estacas de ramos semi lenhosos

Esse tipo de estaquia é muito usado para as espécies ornamentais de plantas arbustivas.

– Comece cortando um ramo lateral e faça uma estaca que tenha a medida entre 10 a 15 centímetros de comprimento. Mais uma vez, observe que os galhos para se fazer estaquia sejam sem flores e saudáveis, bonitos.

– Caso tenha folhas nos galhos deverão ser retiradas da base, pois isso ajudará a estimular o crescimento das novas raízes. As demais folhas que sobrarem no galho devem ser cortadas pela metade, isso faz com que aconteça menos perda de água durante a transpiração.

3- Estacas de ramos lenhosos

Esse tipo de estaquia é usado principalmente, no caso das árvores, que na maioria dos casos são frutíferas, roseiras e arbustos também. Quando as folhas caem no inverno as estacas podem ser feitas, esse é considerado o melhor momento. De preferência, na época de rebrota das folhas.

– Um ramo na lateral da planta original deve ser cortado, e a estaca deve ser formada com o comprimento entre 15 a 30 centímetros. Lembrando que os mais saudáveis, sem flores e vigorosos são os recomendáveis.

– As folhas da base devem ser retiradas, caso a planta as tenha para estimular o crescimento das raízes. As folhas que ficarem nos ramos devem ser cortadas para metade para diminuir a transpiração. Já se forem as roseiras é melhor usar os ramos que já tiveram flores anteriormente.

– As estacas devem ser colocadas na areia, terra ou em outro substrato, a base sem folhas devem ser retiradas.

– As estacas podem ser plantadas em outros lugares que não sejam aqueles definitivos, mas o ideal é que seja feito em sacos ou vasos e quando as raízes das novas mudas estiverem prontas, basta colocá-las no lugar definitivo.

4- Estacas de folhas

Esse método de estaquia é usado principalmente em plantas suculentas e outras ornamentais, porém, não com intuito comercial para produzir mudas. Somente em raros casos, como por exemplo, com o eucalipto. Uma das vantagens é que as plantas geradas por esse método ficam muito parecidas com as originais.

Veja o exemplo da violeta-africana!

– O primeiro passo para se fazer a estaquia pelas folhas é procurando uma folha saudável da planta escolhida para fazer a reprodução, deve ser retirada da base.

– Pense que da folha escolhida, pelo menos um terço, aproximadamente, deve ser enterrado, no substrato que é adequado para aquele tipo de planta que foi escolhido. É importante que a base da folha fique virada para baixo quando for enterrada. As opções de substrato podem ser terra, areia, entre outras. O mesmo processo de estaquia com folhas pode ser repetido para colocar a folha na água e não no substrato. Neste caso, as folhas se enraizarão da mesma forma e novas plantas surgirão.

Outros Artigos

Frases de Confiança

Frases de Confiança(0)

Ter confiança em algo ou em alguém é algo que devemos buscar para nossas vidas, pois a confiança está ligada diretamente à ter mais ou menos força. Quem tem pessoas ao seu lado acreditando nas suas conquistas e nas suas forças, faz com que você passe a acreditar muito mais também, por isso a confiança

Dicas Para Dinâmicas de Emprego

Dicas Para Dinâmicas de Emprego(0)

Em processos de seleção e recrutamento, existe um momento de interação bem como desenvolvimento de várias atividades entre os candidatos que poderão ser considerados praticamente vitais. E ainda os profissionais poderão ganhar muitos pontos, como também findar os seus destinos na vaga que tanto almeja, dependendo do seu desempenho, veja a seguir algumas dicas de

leia mais

0 comentários

Enviar Comentário

Nome:
E-mail:
Site:
Comentário:

Links Patrocinados

Arquivo

Siga-nos!

Categorias mais Procuradas

© 2010-2019 Mega Artigos Todos os direitos reservados. Política de Privacidade