Como Se Formam os Raios?

Algumas pessoas têm medo deles, outras se impressionam com a sua força, porém, nem todo mundo sabe como se formam os raios. Se você tem essa curiosidade continue lendo e descubra alguns segredos da formação dessas forças da natureza e algumas curiosidades.

Imagem de Amostra do You Tube

A Formação dos Raios

Ingredientes

Os raios somente se formam quando as nuvens da tempestade têm além de gotas de chuva, água quase congelada, cristais de gelo e granizo em seu interior. Esses elementos que são os ingredientes essenciais para o aparecimento dos raios são formados numa faixa entre 2 e 10 km de altitude, nessa altura a temperatura fica entre 0°C e -50°C.

Bate-Bate

Dentro das nuvens de tempestade esses ingredientes são jogados de um lado para outro e acabam se chocando uns nos outros. Com esse contato entre eles acontece uma troca de carga que faz com que alguns fiquem mais positivos e outros mais negativos. Os elementos que são mais pesados como o granizo e as gotas de água, por exemplo, ficam mais negativos.

Para Cima e Para Baixo

A gravidade faz com que o granizo e as gotas de chuva fiquem acumuladas na parte de baixo da nuvem que acaba concentrando a carga negativa. Já os cristais de gelo e a água que está quase congelada acabam sendo levados para cima devido a ação das correntes de ar, assim a parte de cima se torna mais positiva.

Os Fenômenos Externos

Nesse cenário começa a ser formado um campo elétrico, é mais ou menos como se a nuvem fosse uma pilha. A dupla polaridade da nuvem ainda é reforçada por dois outros fenômenos físicos que são externos a ele. O primeiro fenômeno externo se dá pela interação dos raios solares com as moléculas de ar que acontece na região da ionosfera e que acaba formando íons negativos.

O outro fenômeno acontece no solo que por vários fatores deixam a superfície positiva eletricamente. Com essa polarização da nuvem é criado um campo elétrico descomunal, enquanto as redes de alta tensão têm em torno de 10 mil Watts o céu num dia de tempestade pode chegar a ter 1 000 Gigawatts.

Toda essa tensão passa a ionizar o ar em volta da nuvem e com isso ele passa da forma de gás para plasma que recebe o nome de quarto estado da matéria. Um caminho de plasma começa a ser formado tendo como direção o solo. Pelo fato de contar com elétrons livres o plasma é um excelente condutor de eletricidade.

O Raio

Assim é feita a ponte para a superfície de forma que seja possível para a nuvem descarregar a tensão. Em paralelo ao momento em que o tronco principal desde em direção ao solo também aparecem outros ramos em busca de abrir passagem. Dessa forma quando o tronco principal se aproxima do solo começa a liberação de massa de plasma.

A massa irá subir para que possa se conectar com o que está descendo e assim poder fechar um circuito. Aliás, é exatamente por isso que pessoas que estão perto do local em que esse fenômeno acontece percebem que os pelos do corpo se eriçam. Assim que o caminho é fechado acontece uma troca de cargas entre a nuvem e a superfície e então se dá o relâmpago.

Faísca

Aquela faísca que assusta uns e desperta a atenção de outros é o resultado do aquecimento do ar em paralelo ao barulho do trovão que se dá pela expansão da camada de ar. O mais curioso de todo esse fenômeno é que tudo isso que acabamos de descrever acontece em aproximadamente 0,1 segundo.

Resumo da Formação dos Raios

Basicamente os raios são descargas elétricas intensas que acontecem quando existe uma concentração de cargas nos centros positivo e negativo da nuvem que cresce demasiadamente. Com isso o ar que os circunda não tem como isolá-los e se dá o raio.

Algumas Dúvidas Sobre Raios

Um raio cai duas vezes no mesmo lugar?

Você provavelmente já ouviu aquele ditado popular de que um raio não cai duas vezes no mês mo lugar, não é mesmo? Saiba que é exatamente isso, um ditado popular que não tem nenhum fundamento científico. Quando o tronco principal de um raio chega ao solo as suas outras ramificações tentam utilizar esse mesmo caminho que foi aberto e podem acabar caindo no mesmo lugar. Para se ter uma ideia já foram observadas 32 descargas ocorridas no mesmo local.

Ter metais no corpo aumenta o risco de ser atingido por um raio?

Outro grande mito que assusta muitas pessoas, pois metais como aparelhos dentários, pinos e próteses são pequenos demais para serem entendidos pelo raio como um atalho para chegar ao chão. Fique atento a árvores, pois elas sim são excelentes atalhos para os raios chegarem ao solo, não vá ficar perto de uma durante uma tempestade.

Existe perigo em nadar em dia de tempestade?

Essa afirmação não é mito, pois a água é um dos melhores condutores de eletricidade. Dessa forma quem está nadando no mar, por exemplo, quando cai um raio a uns 50 metros, por exemplo, pode acabar sendo atingido pela força da descarga. Nas piscinas o risco é ainda maior já que o choque pode ser intensificado pelas tubulações metálicas.

O que acontece quando uma pessoa é atingida por um relâmpago?

Ser atingido por um raio é algo muito perigoso, pois se ele cair bem em cima da pessoa é bem provável que ela seja reduzida a pó uma vez que o corisco causa um aquecimento de cerca de 30 mil graus Celsius. No caso de o raio em questão cair a cerca de 30 metros da pessoa pode acontecer uma parada cardíaca e também queimaduras.

Tem perigo falar ao telefone durante uma tempestade?

Quando o telefone que está sendo utilizado é com fio existe risco, pois é possível que um raio atinja o poste e se propague pela fiação elétrica da casa de forma a queimar aparelhos eletrodomésticos além de viajar pela linha telefônica até chegar na orelha do indivíduo. Já os telefones celulares e sem fio não apresentam esse problema exatamente por não terem um fio que possa servir de condutor.

Outros Artigos

O Que São Desertos Verdes?

O Que São Desertos Verdes?(0)

Parece um tanto controversa a expressão deserto verde, entretanto, esse conceito é utilizado por ambientalistas para designar áreas que são ocupadas por grandes extensões cultivadas de árvores com o objetivo de produzir celulose. O termo deserto é empregado para ressaltar os danos que a monocultura causa ao meio ambiente. Dentre as árvores mais utilizadas para

Reciclagem de Pilhas e Baterias

Reciclagem de Pilhas e Baterias(0)

A reciclagem de pilhas e baterias de celular é um processo bastante oneroso. Contudo, apesar de ser caro é extremamente necessário para o meio ambiente, pois baterias e pilhas possuem elementos químicos pesados como cádmio, chumbo, níquel, mercúrio e zinco que são responsáveis por intoxicar os rios, o solo, os animais e os vegetais, ou

Chuvas de Granizo – Como Se Formam

Chuvas de Granizo – Como Se Formam(0)

O Que é Granizo? O granizo pode ser chamado também de saraiva e consiste num tipo de precipitação em que caem pedaços de gelo ao invés de gotículas de água. Em geral esse processo é conhecido como chuvas de granizo ou chuvas de pedras. As famosas pedras dessa chuva são na verdade compostas de água

Países Mais Gelados do Mundo

Países Mais Gelados do Mundo(0)

Se você não gosta de inverno não pode nem sonhar em viajar para os países que vamos citar abaixo. Listamos os países mais gelados do mundo e nos quais o inverno é bem rigoroso mesmo. Prepare-se para não reclamar mais só porque o sol não deu as caras durante o inverno brasileiro, pois poderia ser

Como Se Forma um Furacão?

Como Se Forma um Furacão?(0)

Um dos fenômenos mais assustadores que o clima nos proporciona é com certeza o furacão, se você está entre as pessoas que se perguntam como é possível a natureza se manifestar de maneira tão avassaladora vai gostar do texto explicativo a respeito de como se formam os furacões. Acabe com a sua curiosidade e descubra

leia mais

0 comentários

Enviar Comentário

Nome:
E-mail:
Site:
Comentário:

Links Patrocinados

Arquivo

Siga-nos!

Categorias mais Procuradas

© 2010-2019 Mega Artigos Todos os direitos reservados. Política de Privacidade