Ossos e Músculos – Definições e Particularidades

Os ossos e músculos fazem parte do sistema musculoesquelético, sendo uma estrutura extremamente complexa, em que um depende do outro para a execução dos movimentos. Cada passo que damos ou a cada vez que mexemos os dedos, é resultado de uma profunda coordenação entre músculos, ossos, ligamentos e tendões.

Conheça Mais o Nosso Corpo

Conheça Mais o Nosso Corpo

Ossos

Os ossos são considerados massas rígidas compostas de tecidos vivos, que se servem do cálcio encontrado em todo o corpo, armazenando em seu interior quase 100 % do mineral. Além disso, dentro da maioria dos ossos que compõem o esqueleto há a substância chamada de Tutano, responsável pela produção das células protetoras de nosso organismo, as células brancas, vermelhas e também as plaquetas.

Um exemplo simples da importância dos ossos para nossa movimentação está em uma simples consideração, pois para ficarmos em pé, nosso corpo precisa fazer uso de seus 206 ossos, que são a estrutura, além de 639 músculos, que auxiliam na movimentação. Esses ossos todos atêm a função ainda de proteger os órgãos internos, como rins, fígado, coração, baço, entre outros. O esqueleto é a estrutura que dá estabilidade e resistência ao nosso corpo, sendo ainda o apoio e sustentação dos músculos para criarem o movimento e trabalharem.

Imagem de Amostra do You Tube

Todos os ossos possuem duas formas principais, que são:

  • Plana: que são os ossos mais chatos, como os das vértebras e da coluna.
  • Comprida: os grandes ossos do corpo, como os ossos da perna, o fêmur e os do braço.

Mesmo tendo essas diferenciações básicas, a parte interna de ambos é idêntica.

Os ossos são compostos de duas partes, as rígidas que fazem a parte externa, feitas de proteínas importantes, como o colágeno, e por outra, comum em todos eles, chamada de hidroxiapatite, formada pelo cálcio e por outros minerais.  Já a estrutura interna é chamada de medula, que é a parte mole do osso e por onde passam os vasos sanguíneos.

Os ossos se unem em diversos pontos de nosso corpo, cujas regiões são popularmente chamadas de juntas, também conhecidas como articulações. Essas regiões são as responsáveis pela movimentação dos ossos, que são coordenadas através dos ligamentos (tecidos fibrosos) e as cartilagens (tecido com elasticidade). Os ligamentos é que fazem a junção entre um osso de uma determinada parte do corpo e outra.

Algumas articulações do corpo não possuem movimento na pessoa adulta, como as suturas que estão presentes nos ossos do crânio. Outras, entretanto, permitem uma total mobilidade, como a do ombro, que permite que os braços se movam em todas as direções, para frente, para trás, rotação externa e interna.

As articulações chamadas de dobradiças, por exemplo, apenas permitem dois tipos de movimento, o de flexão e extensão. Elas estão presentes nos cotovelos e dedos, tanto das mãos, quanto dos pés.

Já as cartilagens têm a função de proteger e amortecer os ossos durante os movimentos feitos pelo corpo, contando com a ajuda de diversos tipos de fluídos, dentre eles as bursas, que diminuem a fricção existente entre um osso e outro. Essas Bursas são pequenas bolsas repletas de fluídos lubrificantes, chamados de líquido sinovial, que envolvem as juntas, e quando a região fica infeccionada pelo esforço contínuo causa a famosa bursite.

Há outro grupo de tecidos que trabalham juntamente com ossos, são os músculos, mas eles possuem a capacidade de se contrair conforme a necessidade da situação. Esse tipo de contração é o que aciona o trabalho dos tendões, fazendo com que haja o movimento do corpo.

Músculos

Há no corpo humano uma quantidade imensa de ossos, mas apenas três tipos de músculos, que são: Cardíaco, Liso e Estriado. Todos eles são responsáveis por nosso  movimento e postura.  Cada um deles tem uma função específica dentro do organismo, sendo responsável por determinadas atividades:

São 3 Tipos de Músculos

São 3 Tipos de Músculos

  • Estriado: é feito de inúmeras camadas de tecidos que são repartidos em grupos que possuem fibras entrelaçadas e paralelas entre si. Esses tipos de camadas unidas, auxiliam o corpo em seus movimentos voluntários (aqueles que são realizados segundo a própria vontade)
  • Liso / orgânico: pode ser encontrado em vários órgãos internos, como a bexiga e o intestino, e ainda está presente em artérias maiores. Esse músculo, diferentemente do estriado, realiza um movimento involuntário, sob o controle do sistema nervoso autônomo. Uma de suas funções é auxiliar no trajeto do sangue pelo corpo e ainda ajudar nas secreções glandulares, movimentando todas essas substâncias através da área digestiva e regulando toda a respiração. Suas células são delgadas e alongadas, também paralelas umas às outras e ainda agrupadas entre si.
  • Cardíacos: como o próprio nome já sugere são os músculos do coração, cuja principal função, e uma das mais importantes do organismo, é bombear o sangue do corpo, sendo controlado essencialmente pelo sistema nervoso autônomo, da mesma forma que os músculos lisos. Uma característica interessante do músculo cardíaco é a de ser estriado, porém, ele não realiza movimentos voluntários.
  • Cada músculo recebe uma denominação específica de acordo com a região em que se encontra, como o Bicipete, que está localizado no cotovelo, sendo equilibrado pelo Trícipete.
Imagem de Amostra do You Tube

Tendões

Os tendões, importantíssimos para o movimento do corpo, são os cordões resistentes dos tecidos que unem cada extremidade do osso no músculo, propiciando a contração e extensão. E o esforço contínuo de determinados músculos tende a enfraquecer os tendões, causando sérias lesões, responsáveis por manter fora de competições muitos atletas profissionais.

Todo o organismo funciona de uma forma interdependente, por isso, para que tudo esteja bem é preciso um cuidado geral, com todas as partes do corpo. Não basta estar bem por fora e os órgãos internos estarem funcionando mal.

Uma alimentação saudável e balanceada, bem como a prática de exercícios físicos regulares é a forma mais barata, simples e prática de se manter a saúde, sem a necessidade de se fazer uso de uma grande quantidade de medicamentos. Além disso, praticar atividades prazerosas também auxilia na manutenção da saúde, como passear ao ar livre, ler um bom livre, partilhar da companhia de amigos e familiares.

Outros Artigos

O Que é Anosmia?

O Que é Anosmia?(0)

A Anosmia é a completa ausência de olfato, dessa forma uma pessoa que tem essa doença não sente nenhum odor e também tem o seu paladar comprometido. A língua humana tem a capacidade de perceber apenas cinco sabores que são salgado, doce, amargo, azedo e unami. Sendo assim uma pessoa que tem anosmia não consegue

Epidemia de Ebola

Epidemia de Ebola(0)

O vírus ebola entrou para o noticiário do mundo todo quando um grande surto foi desencadeado na África Ocidental. Esse vírus é conhecido desde o ano de 1976 e esse surto foi o pior desde esse ano. Para se ter uma ideia a Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica esse surto como sendo a maior

Dicas para Dormir Menos e Melhor

Dicas para Dormir Menos e Melhor(0)

Como você provavelmente já ouviu falar um milhão de vezes, o sono é essencial para a saúde, o bem-estar e a energia. A desvantagem óbvia do sono é que ele consome o tempo em que você poderia estar fazendo outras coisas produtivas, como trabalhar ou passar o tempo com amigos e familiares. Neste artigo vamos

Principais Tipos de Anestesia

Principais Tipos de Anestesia(0)

O Que é Anestesia? A palavra anestesia tem sua origem no grego antigo αν-, an-, “ausência” e αἲσθησις, aisthēsis, “sensação”. De forma geral podemos definir como sendo um bloqueio da sensibilidade incluindo a sensação de dor que é removida temporariamente. Com a ajuda de anestesias os médicos podem realizar cirurgias e outros procedimentos que seriam

Como Tratar Picadas de Mosquito

Como Tratar Picadas de Mosquito(0)

Os insetos voadores que se alimentam de sangue incluindo o sangue humano podem ser chamados de pernilongos, carapanã, muriçoca entre outros nomes. Existe uma grande variedade de mosquitos e muitas delas podem transmitir doenças como a febre amarela e a dengue, por exemplo. Saber como tratar corretamente as picadas de mosquito é essencial para evitar

leia mais

0 comentários

Enviar Comentário

Nome:
E-mail:
Site:
Comentário:

Links Patrocinados

Arquivo

Siga-nos!

Categorias mais Procuradas

© 2010-2019 Mega Artigos Todos os direitos reservados. Política de Privacidade