Como as Pérolas Se Formam?

As pérolas fascinam muitas pessoas que gostam de contar com belos ornamentos, porém, para muitas pessoas a maneira como elas se formam dentro das conchas ainda é um mistério. Pensando em aproximar cada vez mais as pessoas de itens que lhe despertam interesse vamos explicar como as pérolas se formam. Vale à pena conferir essa leitura.

Imagem de Amostra do You Tube

A Formação da Pérola

Reação Natural: A primeira coisa que se deve entender que a pérola nada mais é do que o resultado de uma reação natural que se dá no molusco para se defender de invasores externos. Alguns parasitas, por exemplo, tentam entrar nas conchas para se reproduzir por lá, eles começam a perfurar a concha de forma a se instalar no seu manto que consiste numa camada fina de tecido que faz a proteção das vísceras da ostra.

Nácar ou Madrepérola: Para se defender desse invasor a ostra faz o ataque usando uma substância que é produzida pelo manto e que se chama nácar ou madrepérola e que é feita de 90% de um material calcário que consiste na aragonita (CaCO3); cerca de 6% de material orgânico que é chamado de conqueolina que é na verdade o componente principal da parte mais externa da concha e por fim 4% de água.

Formação das Pérolas

Formação das Pérolas

A substância passa a ser depositada sobre o invasor formando camadas concêntricas, em pouco tempo se forma uma bola cristalizada que serve para acabar com o perigo. Uma curiosidade é que as pérolas perfeitamente esféricas se formam apenas quando o parasita em questão é completamente coberto pelo manto. Contudo, o mais comum é que a pérola fique grudada na concha como se uma espinha ou verruga.

Maturação: O período médio de maturação de uma pérola é de cerca de três anos. Pelo fato de a ostra já se defender muito bem contra os possíveis invasores com a sua concha é bem difícil que a pérola se forme como um fenômeno da natureza acontece uma vez a cada 10 mil espécimes.

Cultivo Artificial de Pérolas

Imagem de Amostra do You Tube

Para acelerar o processo um grupo de cientistas japoneses criou no começo do século XX uma tática que consiste em colocar na ostra uma bola pequena de madrepérola que tenha sido retirada de uma concha e que tenha em torno de ¾ do tamanho desejado. Esse método é tão bem sucedido que mesmo para um especialista se torna difícil definir que se trata de uma pérola que não foi cultivada naturalmente.

Uma forma de diversificar as pérolas é colocar algumas substâncias em água incorporada a ela para que a sua cor varie conforme o ambiente. Uma pérola pode ter várias tonalidades. Outra boa curiosidade sobre a pérola é que ela é a única gema de origem animal.

A História das Pérolas

As pérolas entraram para a história como importantes joias devido ao fato de que até o século XVII não existia uma tecnologia que fosse capaz de fazer o polimento de esmeraldas e rubis. Sendo assim, as pérolas eram o principal símbolo de poder e de riqueza compondo as joias mais valiosas dessa época.

Cores de Pérolas

A cor das pérolas pode variar de acordo com fatores como as condições do ambiente e a saúde da ostra que a produziu. Dentre as mais comuns estão às pérolas creme, rosa, cinza, branca e preta. Pérolas que tem cores vermelha, azul ou rosa são dessa tonalidade devido a presença de detritos, proteínas ou mesmo devido a cor de dentro de cada uma das conchas. Uma das pérolas mais raras do mundo são as negras encontradas no Tahiti e nas ilhas Cook.

Cores de Pérolas

Cores de Pérolas

Formato

O formato da pérola depende muito do invasor bem como do local em que ele ficou instalado. As pérolas de forma esféricas são as mais raras e dessa forma as que têm maior valor no mercado de joias. Somente 2% das pérolas tem a forma redonda, a maior parte delas é semirredonda ou tem formas diferenciadas como gota, lágrima, cone ou barroca que tem uma forma bastante irregular.

Nem Toda Ostra Dá Pérola

É interessante destacar que nem todas as ostras tem a capacidade de produzir pérolas, isso apenas é uma possibilidade para as perlíferas que fazem parte das famílias Unionidae (de água doce) e Pteriidae (de água salgada). Nem todo pérola também possui necessariamente valor comercial.

Imagem de Amostra do You Tube

O Passo a Passo da Formação da Pérola

Depois de saber um pouco mais sobre as pérolas e como elas se formam de uma maneira geral você pode conferir um passo a passo que simplifica a ordem de acontecimentos que dá origem a essa joia tão valiosa e linda.

Invasão – O Início: A primeira coisa que acontece nesse processo é a tentativa de invasão por parte de organismos. Eles perfuram a concha e o parasita que as invade entra em contato com o seu manto que é o seu tecido de defesa de ostra e isso acaba despertando uma reação de irritação na parte interna do molusco.

Reação do Manto: O manto tem a sua reação realizando a defesa da concha, ele se dobra em cima do parasita de maneira que ele fique isolado.

Nácar ou Madrepérola: Para que a defesa seja completa acontece a secreção do nácar ou madrepérola que é uma substância produzida pela concha. Essa substância é depositada em cima do invasor de maneira a criar uma barreira de proteção entre ele e a concha.

Crescimento: O objetivo da ostra é isolar o parasita para que ele deixe de incomodá-la e mesmo depois de conseguir fazer isso ainda continua secretando o nácar de maneira que a pérola continua crescendo.

Pérolas, Pérolas e Mais Pérolas

Ainda hoje os colares de pérolas são um dos principais desejos femininos em acessório. Quanto mais voltas o colar dessas bolinhas tiver melhor, realmente são joias muito belas e que nos fazem perceber que a natureza é capaz de conceber coisas maravilhosas. Quem imaginaria que uma situação trivial da natureza como um invasor que tenta entrar numa concha resultaria em algo tão bonito e cheio de valor?

Outros Artigos

Pontos Positivos das Crianças Arteiras

Pontos Positivos das Crianças Arteiras(0)

Os pais e professores ficam de cabelo em pé com as crianças arteiras, que também são chamadas de traquinas, pestinhas, agitadas, etc. A verdade, é que ter um filho que dá um pouco mais de trabalho pode ter o seu lado positivo, como tudo na vida. Veja, a seguir, alguns pontos positivos de uma criança

Mitos Sobre Bebês

Mitos Sobre Bebês(0)

Toda mãe, seja de primeira, segunda ou terceira viagem, tem algumas dificuldades para cuidar do seu bebê. É certo que todas buscam acertar para garantir que os seus pequenos cresçam com saúde. No entanto, como saber o que faz bem e o que faz mal para os bebês com tantas recomendações, conselhos e até mesmo

O Que é o Aerossol?

O Que é o Aerossol?(0)

O aerossol consiste em dois líquidos que são armazenados juntos numa mesma lata. Um dos conteúdos da lata é o produto em si que pode ser um desodorante, inseticida, creme de barbear etc e o outro conteúdo é o que chamamos de propelente. Uma substância que tem como função dar impulso para que a outra

Efeitos da Altitude no Corpo Humano

Efeitos da Altitude no Corpo Humano(0)

Você já deve ter ouvido falar sobre os efeitos da altitude no corpo humano, seja num jogo de futebol transmitido pela TV em que o narrador insiste que os atletas brasileiros estão correndo pelo menos por causa da altitude ou mesmo em algum documentário. Mas, afinal realmente existem esses efeitos e quais são eles? Desembarcar

A História da MTV No Brasil

A História da MTV No Brasil(0)

Provavelmente uma das redes de televisão que faz parte da vida de quase todo adolescente atualmente e fez parte da vida apenas alguns milhões de jovens e adultos espalhados por todo o mundo, a MTV conquistou milhões de telespectadores por onde é exibida e vem fazendo historia, que tal saber um pouco mais sobre a

leia mais

0 comentários

Enviar Comentário

Nome:
E-mail:
Site:
Comentário:

Links Patrocinados

Arquivo

Siga-nos!

Categorias mais Procuradas

© 2010-2021 Mega Artigos Todos os direitos reservados. Política de Privacidade