Efeitos da Altitude no Corpo Humano

Você já deve ter ouvido falar sobre os efeitos da altitude no corpo humano, seja num jogo de futebol transmitido pela TV em que o narrador insiste que os atletas brasileiros estão correndo pelo menos por causa da altitude ou mesmo em algum documentário. Mas, afinal realmente existem esses efeitos e quais são eles?

Imagem de Amostra do You Tube

Desembarcar numa cidade de altitude elevada pode parecer uma viagem de grande emoção, mas na verdade é apenas o seu corpo sentindo algumas diferenças. A seguir vamos desvendar alguns desses efeitos que incluem o coração disparado e o pulmão sem ar.

Diferenças de Condições das Grandes Altitudes

A principal diferença entre locais de grande altitude e outros de altitudes menores é que a pressão atmosférica é menos e o ar se torna mais rarefeito. Além desses efeitos podemos destacar a queda de temperatura que é reduzida em torno de 6,5°C a cada 1000 metros de altura.

Também há um aumento da intensidade dos raios de sol que podem causar graves queimaduras. Pelo fato de o ar estar mais rarefeito e o clima ter condições mais adversas o organismo é impactado e sofre alterações. Os efeitos podem não ser muito agradáveis, confira abaixo os efeitos de acordo com a altitude em que a pessoa se encontra.

Os Efeitos da Altitude

Zona da Morte – Acima de 8 mil Metros

Uma região que esteja acima de 8 mil metros é chamada de zona da morte, isso porque o corpo mesmo que esteja acostumado acaba morrendo aos poucos. Para conseguir contornar a falta de ar (o aproveitamento de oxigênio é reduzido para 30%) o coração bate mais rápido e isso pode causar uma arritmia e pode até mesmo acarretar numa parada cardíaca.

Congelando – 7 mil Metros

Uma altitude de 7 mil metros tem como principal característica o frio intenso que pode chegar a -70ºC. O ar também é bastante seco o que pode fazer com que algumas partes internas do corpo, aquelas que são menos protegidas, acabem sendo congeladas. Podem passar por essa experiência a laringe, por exemplo. O oxigênio falta de tal forma que dificilmente alguém consegue sobreviver sem uma máscara de oxigênio.

Desidratação – 6 mil Metros

Pelo fato de a umidade e a pressão do ambiente serem muito baixas começa o processo de desidratação do corpo. O efeito é de como se a água estivesse sendo sugada do seu corpo. Além disso, também é importante se preocupar com a radiação ultravioleta que crescer cerca de 4% a cada 300 metros e pode acabar queimando até as suas córneas.

Sem Povoação – 5 mil Metros

A partir dos 5 500 metros de altitude não existem populações, pois o ser humano não consegue se adaptar a tal altitude durante todo o ano. O problema principal é que o aproveitamento do oxigênio é reduzido para apenas 50% e assim a pessoa se sente muito mal.

Começo das Reações – Até 4 mil Metros

As reações do organismo começam aos 3 mil metros isso porque existe falta de oxigênio. Um exemplo disso são as pessoas moram na cidade boliviana de La Paz que está a uma altitude de 3 600 metros que mascam folhas de coca para conseguir aguentar os efeitos sobre o seu organismo que incluem respiração acelerada e aumento dos batimentos cardíacos.

Efeitos em Todo o Corpo

Os efeitos da altitude podem ser sentidos em todo o seu corpo, confira abaixo o que acontece com cada uma das partes.

Efeitos nos Olhos

Uma dica importante para quem vai para as altitudes é não ficar sem óculos de sol, pois como a claridade é maior os olhos são muito agredidos o que pode resultar em problemas como fadiga ocular e em alguns casos até mesmo cegueira momentânea.

Efeitos no Seu Cérebro

Como a circulação sanguínea aumenta o cérebro acaba inchando e como ele não tem como expandir acaba ficando comprimido no crânio. Isso faz com a pessoa sinta dores de cabeça intensas e a falta de oxigênio pode até mesmo causar alucinações.

Efeitos no Sangue

Como nas altitudes a frequência cardíaca aumenta é necessário que haja mais glóbulos vermelhos para fazer o transporte de oxigênio. Dessa forma o sangue acaba ficando mais espesso e isso se torna uma complicação para os vasos que são mais finos.

Efeitos nos Pulmões

Conforme mais alto se está menos denso o ar fica e por isso diminui a quantidade de oxigênio, isso faz com que o ritmo de busca pelo ar aumente e mais gás carbônico seja eliminado. Assim o sangue acaba ficando mais ácido.

Efeitos nos Tecidos

Os tecidos são os que mais sofrem com a altitude e por isso mesmo áreas expostas como mãos, pés, dedos e nariz podem ter seus tecidos mortos o que acarreta até mesmo em amputação.

Efeitos no Paladar

O corpo perde muitos líquidos na altitude e por isso tem um desequilíbrio nos em sais como o cloreto de sódio, isso afeta o paladar deixando muitas pessoas sem comer. Cuidado porque esse problema pode causar sintomas parecidos com aqueles da anorexia.

Edemas – Um Perigo das Altitudes

Devido a pressão atmosférica ser mais baixa podem se formar edemas no cérebro, pulmões e globos oculares de forma que os vasos se rompam e os órgãos comecem a ter líquidos acumulados.

Todo Mundo Sofre os Efeitos da Mudança de Altitude?

Na verdade não e é impossível fazer uma previsão de quem irá enfrentar problemas e quem se adaptará facilmente. Acredita-se que cerca de 15% das pessoas que vão para altitudes de 2.000 metros sintam esses efeitos. Quando a altitude chega a 4.000 metros essa estimativa aumenta para 60%.

Passando de 5.000 metros todo mundo sente os efeitos negativos da altitude. Não existe fatores determinantes como sexo ou idade para definir quem serão os atingidos pelo problema. A condição física, porém, pode ser um fator diferencial para a melhor adaptação a altitude. Ter um bom preparo físico e fôlego é importante para que a pessoa não sinta tanto os efeitos da altitude.

A dica para quem vai para uma cidade de elevada altitude é estar pronto para eventuais dificuldades.

Outros Artigos

Pontos Positivos das Crianças Arteiras

Pontos Positivos das Crianças Arteiras(0)

Os pais e professores ficam de cabelo em pé com as crianças arteiras, que também são chamadas de traquinas, pestinhas, agitadas, etc. A verdade, é que ter um filho que dá um pouco mais de trabalho pode ter o seu lado positivo, como tudo na vida. Veja, a seguir, alguns pontos positivos de uma criança

Como as Pérolas Se Formam?

Como as Pérolas Se Formam?(0)

As pérolas fascinam muitas pessoas que gostam de contar com belos ornamentos, porém, para muitas pessoas a maneira como elas se formam dentro das conchas ainda é um mistério. Pensando em aproximar cada vez mais as pessoas de itens que lhe despertam interesse vamos explicar como as pérolas se formam. Vale à pena conferir essa

Mitos Sobre Bebês

Mitos Sobre Bebês(0)

Toda mãe, seja de primeira, segunda ou terceira viagem, tem algumas dificuldades para cuidar do seu bebê. É certo que todas buscam acertar para garantir que os seus pequenos cresçam com saúde. No entanto, como saber o que faz bem e o que faz mal para os bebês com tantas recomendações, conselhos e até mesmo

O Que é o Aerossol?

O Que é o Aerossol?(0)

O aerossol consiste em dois líquidos que são armazenados juntos numa mesma lata. Um dos conteúdos da lata é o produto em si que pode ser um desodorante, inseticida, creme de barbear etc e o outro conteúdo é o que chamamos de propelente. Uma substância que tem como função dar impulso para que a outra

A História da MTV No Brasil

A História da MTV No Brasil(0)

Provavelmente uma das redes de televisão que faz parte da vida de quase todo adolescente atualmente e fez parte da vida apenas alguns milhões de jovens e adultos espalhados por todo o mundo, a MTV conquistou milhões de telespectadores por onde é exibida e vem fazendo historia, que tal saber um pouco mais sobre a

leia mais

0 comentários

Enviar Comentário

Nome:
E-mail:
Site:
Comentário:

Links Patrocinados

Arquivo

Siga-nos!

Categorias mais Procuradas

© 2010-2021 Mega Artigos Todos os direitos reservados. Política de Privacidade